Home











...



« Memória Empresarial • ANO XXVIII - Ed. 490 (26/08/2001)

O Mapa das Soluções

Quem comanda um negócio, ou pretende entrar nessa empreitada, deve preparar-se de todas as formas para evitar ou então corrigir as falhas gerenciais que geralmente costumam comprometer a saúde financeira das empresas. Em especial, as pequenas organizações que têm no dono a única fonte geradora de idéias e soluções para os momentos de crise. Uma das tentativas de ajudar os dirigentes empresariais na difícil tarefa de sair do buraco e manter-se em equilíbrio é o curso a distância Empreendedor Alerta, da Fundação Instituto de Administração (FIA) - Tel.: (11) 3814-0548 -, instituição conveniada com a Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo. Em depoimento exclusivo, Alessandro Souza Lopes - site:www.fea.usp.br/fia/proced/empreendedoralerta, coordenador do projeto que teve início em maio deste ano e já conta com 5.200 inscritos, explica o seu funcionamento totalmente gratuito e disponível via online para todo o Brasil ou pelo envio do material didático, incluindo vídeo, para os interessados do Estado de São Paulo.

CONTROLE
"Trabalhamos apenas com os empresários de pequeno porte e detectamos, por meio de pesquisas realizadas em 223 empresas tipicamente brasileiras, a necessidade de eles colocarem os pés no chão, ou seja, de se preocuparem tanto em controlar os negócios quanto em fazê-los. Esse controle torna-se fundamental, uma vez que muitos acabam confundindo aquilo que entra e sai de um mês para o outro, ficando sem parâmetros para calcular o lucro. Nesse levantamento, abordamos como os empresários agiram para resolver os problemas financeiros. Não há uma fórmula pronta, mas existem soluções parecidas para todos. Comprar o prédio em que está instalado o negócio não é uma boa estratégia para quem está começando. O capital disponível deve ser direcionado ao giro da empresa. O ideal é conseguir passar com folga, sem ter que recorrer aos bancos para o dia-a-dia."

TEMPO CARO
"O empresário está acostumado a só tirar dinheiro da empresa, mas chega um momento em que ele tem que colocar de volta. É melhor e mais barato que ele faça isso na hora em que deve ser feito. Esta volta pode ser feita pela venda de bens da empresa ou pessoais. Sugerimos a venda de imóveis ou de veículos. Esses últimos são mais fáceis de negociar, mas o imóvel tem um valor maior e acaba sendo uma solução mais eficaz. O problema sério que envolve essas transações é o tempo que o dirigente empresarial leva para decidir fazer o negócio. Como os juros vão acumulando-se feito uma bola de neve, a casa que ele queria vender no início pode não ser mais suficiente para cobrir as dívidas se houver uma demora muito grande. Se ele tivesse tomado a mesma decisão antes, talvez até sobrasse recursos para novos investimentos. Outra saída seria a entrada de novos sócios que vão capitalizar a empresa e incrementar uma área que não ia muito bem. Os dois critérios básicos para a escolha de um sócio consistem em objetivos de vida semelhantes e competências complementares, de preferência com dedicação igual à empresa."

PASSO A PASSO
"O curso apresenta ao todo 44 soluções relacionadas às áreas de gestão administrativa, gestão financeira e gestão comercial, constatadas em campo. Elas vêm expostas em uma ordem lógica e didática para facilitar o direcionamento do empresário. Nosso primeiro foco está em ajudá-lo a sanear as finanças, estancando os juros, que não consideramos uma despesa saudável. Isso pode ser feito com a recapitalização do negócio, com o renegociamento da dívida e com a redução dos gastos. Sanada essa situação, propomos que o empreendedor volte sua atenção para o lado comercial da empresa, que está ligado ao relacionamento com os clientes, às formas de comunicação e à reformulação das estratégias de venda. O terceiro passo está no aprendizado do controle das duas etapas anteriores. Também recomendamos o treinamento dos gerentes e dos funcionários, em especial a alfabetização, que acaba sendo um entrave para melhorar o desempenho de muitas funções. Abordamos ainda os sistemas de controle de estoque e compras, bem como a programação do fluxo de caixa, que leva muita empresa para o buraco, porque ter liquidez às vezes é mais importante do que o próprio lucro para a sobrevivência no mercado."


« Entrevista Anterior      Próxima Entrevista »
...
Realização:
IMEMO

MANTENEDORES:

CRA-SP

Orcose Contabilidade e Assessoria

Sianet

Candinho Assessoria Contabil

CNS

Hífen Comunicação


Pró-Memória Empresarial© e o Programa de Capacitação, Estratégia e Motivação Empreendedora Sala do Empresário® é uma realização do Instituto da Memória Empresarial (IMEMO) e publicado pela Hífen Comunicação em mais de 08 jornais. Conheça a história do projeto.

Diretor: Dorival Jesus Augusto

Conselho Assessor: Alberto Borges Matias (USP), Alencar Burti, Aparecida Terezinha Falcão, Carlos Sérgio Serra, Dante Matarazzo, Elvio Aliprandi, Irani Cavagnoli, Irineu Thomé, José Serafim Abrantes, Marcos Cobra, Nelson Pinheiro da Cruz, Roberto Faldini e Yvonne Capuano.

Contato: Tel. +55 11 9 9998-2155 – [email protected]

REDAÇÃO
Jornalista Responsável: Maria Alice Carnevalli - MTb. 25.085 • Repórter: Fernando Bóris;
Revisão: Angelo Sarubbi Neto • Ilustrador: Eduardo Baptistão

PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL OU PARCIAL DESTAS ENTREVISTAS sem permissão escrita e, quando permitida, desde que citada a fonte. Vedada a memorização e/ou recuperação total ou parcial, bem como a inclusão de qualquer parte da obra em qualquer sistema de processamento de dados. A violação dos Direitos Autorais é punível como crime. Lei nº 6.895 de 17.12.1980 (Cód. Penal) Art. 184 e parágrafos 185 e 186; Lei nº 5.998 de 14.12.1973


Hífen Comunicação
© 1996/2016 - Hífen Comunicação Ltda. - Todos os Direitos Reservados
A marca Sala do Empresário - Programa de Capacitação, Negócios e Estratégia Empresarial
e o direito autoral Pró-Memória Empresarial, são de titularidade de
Hífen Comunicação Editorial e Eventos Ltda.