Home











...



« Memória Empresarial • ANO XXVIII - Ed. 712 (27/11/2005)

Árabe com Cara de Brasil

Nada é mais importante para a realização de um sonho do que saber adotar a estratégia certa para alavancar um negócio. Planejamento, pesquisa de mercado e foco em um nicho específico de consumidor nem sempre são procedimentos que garantem a sobrevivência e o crescimento de uma iniciativa empreendedora. Mais importante do que isso é conseguir oferecer a todos uma gama variada de produtos de qualidade ao menor custo. Parece simples, mas são poucos os dirigentes empresariais que fazem disso um lema a ser seguido a cada dia e conseguem, de fato, atingir esse objetivo. Um dos casos mais recentes e mais comentados de exemplos bem-sucedidos nesse sentido é a Rede Habib's, um fast-food de comida árabe que caiu no gosto e no bolso dos brasileiros de norte a sul do País, provando que é possível transcender as barreiras do regionalismo e criar novos hábitos de consumo. Quem faz o relato dessa conquista fabulosa é Alberto Saraiva, fundador e diretor da empresa - www.habibs.com.br. Em depoimento exclusivo, ele revela, com muita determinação, que jamais desistiu de perseguir seus valores e conta porque trocou a medicina pelo empreendedorismo.

FILOSOFIA
"A rede teve início em 1988. Mesmo formado em medicina, eu já tinha tido algumas experiências em restaurantes, pizzarias, churrascarias, cantinas e, principalmente, com a padaria que tive que administrar depois da morte do meu pai. Durante esse período, eu havia conhecido um cozinheiro árabe que me ensinou todas as receitas e, na época, eu percebi que a comida árabe estava muito restrita a apenas alguns restaurantes da cidade. Como tinha tomado gosto pelo balcão, resolvi juntar o conhecimento adquirido com algumas especialidades árabes, fiz um cardápio e montei a primeira loja no Alto da Lapa, que abriu e teve 42 dias de fila na porta. Todo o cardápio tinha como filosofia vender a preços extremamente baixos, associando o máximo de qualidade e de vantagem possível ao cliente. Esse é o grande sucesso do Habib's, o conceito de tentar oferecer sempre mais e sem cobrar por isso. Com o preço de um café, dá para comprar três esfihas, e nós usamos essa medida até hoje nas nossas 260 lojas espalhadas por todo o Brasil."

DIFERENCIAIS
"A variedade é algo que contraria o fast-food e que nós acrescentamos à linha de pratos árabes. Temos sanduíches, hamburguer, pizza, beirute, sorvete, chop, além de uma infra-estrutura muito forte que qualifica a rede, com 12 departamentos. Temos também um marketing voltado para o humor e para a alegria. Todos esses conceitos, aliados a muito trabalho, a inovações como drive-thru e delivery em 28 minutos para comida árabe, uma equipe boa e motivada com a possibilidade de crescer dentro da empresa, fazem com que a rede tenha um diferencial em relação aos demais fast-foods. Nós nunca fizemos nada direcionado para um público específico, mas sim para o cliente. Temos que dar o melhor produto, cobrar o menor preço, no melhor ambiente e com o melhor atendimento. Aí, sim, é possível satisfazer as classes média, baixa e alta, incluindo todas as faixas etárias da população."

LIÇÃO
"A grande lição do Habib's é essa forma de empreender, de mostrar para todo mundo que é possível realizar um sonho e construir uma empresa do nada, gerando milhares de empregos e vencendo num mercado tão competitivo. Não falo nem pelo volume de faturamento nem pelo fato de sermos a segunda maior rede de fast-food do Brasil. Acredito que valemos mais como um exemplo de uma empresa nacional que começou com uma lojinha e se tornou um grande negócio que está expandindo-se dentro e fora do País. Estamos criando agora o Ragazzo, uma outra opção de franquia que vai ter o mesmo jeito do Habib's, dentro da mesma filosofia, mas trabalhando com comida italiana a preços extremamente acessíveis. Já temos uma em funcionamento em São Caetano do Sul e pretendemos inaugurar mais quatro lojas em pontos estratégicos de São Paulo até o final deste ano. Isso é empreender, é acreditar num plano, num sonho, numa idéia e colocá-la em prática. Essa é a melhor definição de empreendimento capaz de estimular todas as pessoas, especialmente os pequenos empresários."


« Entrevista Anterior      Próxima Entrevista »
...
Realização:
IMEMO

MANTENEDORES:

CRA-SP

Orcose Contabilidade e Assessoria

Sianet

Candinho Assessoria Contabil

CNS

Hífen Comunicação


Pró-Memória Empresarial© e o Programa de Capacitação, Estratégia e Motivação Empreendedora Sala do Empresário® é uma realização do Instituto da Memória Empresarial (IMEMO) e publicado pela Hífen Comunicação em mais de 08 jornais. Conheça a história do projeto.

Diretor: Dorival Jesus Augusto

Conselho Assessor: Alberto Borges Matias (USP), Alencar Burti, Aparecida Terezinha Falcão, Carlos Sérgio Serra, Dante Matarazzo, Elvio Aliprandi, Irani Cavagnoli, Irineu Thomé, José Serafim Abrantes, Marcos Cobra, Nelson Pinheiro da Cruz, Roberto Faldini e Yvonne Capuano.

Contato: Tel. +55 11 9 9998-2155 – [email protected]

REDAÇÃO
Jornalista Responsável: Maria Alice Carnevalli - MTb. 25.085 • Repórter: Fernando Bóris;
Revisão: Angelo Sarubbi Neto • Ilustrador: Eduardo Baptistão

PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL OU PARCIAL DESTAS ENTREVISTAS sem permissão escrita e, quando permitida, desde que citada a fonte. Vedada a memorização e/ou recuperação total ou parcial, bem como a inclusão de qualquer parte da obra em qualquer sistema de processamento de dados. A violação dos Direitos Autorais é punível como crime. Lei nº 6.895 de 17.12.1980 (Cód. Penal) Art. 184 e parágrafos 185 e 186; Lei nº 5.998 de 14.12.1973


Hífen Comunicação
© 1996/2016 - Hífen Comunicação Ltda. - Todos os Direitos Reservados
A marca Sala do Empresário - Programa de Capacitação, Negócios e Estratégia Empresarial
e o direito autoral Pró-Memória Empresarial, são de titularidade de
Hífen Comunicação Editorial e Eventos Ltda.