Home











...



« Memória Empresarial • ANO XXVIII - Ed. 837 (20/04/2008)

Privatização premiada

Desde 1962, a Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil (ADVB) concede a um profissional de destaque na área de vendas o título de Personalidade de Vendas do Ano. Em 2007, foi a vez do presidente da Vale, Roger Agnelli - www.vale.com.br -, ser homenageado. Ele recebeu o prêmio no dia 25 de março, nas dependências do Clube Atlético Monte Líbano em um almoço aberto para autoridades e convidados especiais que reuniu cerca de setecentas pessoas. Por meio dessa iniciativa, a entidade destaca a eficiência do papel das empresas brasileiras no contexto global, mostrando o esforço que vem transformando a imagem do Brasil lá fora, nas atividades de comércio exterior, como um país próspero em iniciativas empreendedoras, digno do respeito e da competitividade em nível internacional. No caso específico da Vale, que passou por um processo bem-sucedido de privatização, capaz de elevar de 11 mil para 44 mil o número de empregados, a escolha foi mais do que justa. Depois de atravessar a defasagem do mercado pouco reconhecido de commodities nas décadas de 80 e 90, a empresa soube como valorizar o seu produto e direcioná-lo para os mercados emergentes, tornando-se a companhia mais valiosa do Brasil e a segunda maior mineradora do mundo.

EXEMPLO
"A Vale tem atingido objetivos sucessivos, superando todos os tipos de desafios de forma brilhante, como um exemplo de superação e de força em termos daquilo que o brasileiro é capaz de realizar. Isso tem sido feito de forma persistente, com muita disciplina e humildade, avançando mundo afora. Passo a passo, estamos lutando para ocupar o lugar com que sempre sonhamos, de ser a maior mineradora do mundo. Nos próximos cinco anos, pretendemos investir 60 bilhões de dólares, sendo que 80% desse total será destinado ao Brasil, especialmente à região Norte. Durante esse período, a empresa deverá ampliar o mercado de trabalho, contatando 62 mil profissionais qualificados não somente no País mas também nos Estados Unidos, na Inglaterra e no Canadá, entre outros. Em sua tarefa de promover a imagem do Brasil no exterior, a mineradora ainda vai trazer para o território nacional cinco siderúrgicas bancadas por investimentos estrangeiros."


PARCERIAS
"Continuamos trabalhando firme para a geração de energia destinada à infra-estrutura brasileira de modo que possamos contribuir deixando o nosso legado. A Vale tem sido parceira das Forças Armadas na busca do desenvolvimento do Norte do País, mais especificamente da região Amazônica. Essa missão em muito nos satisfaz, e o Exército tem- nos ensinado bastante sobre a importância das questões ligadas à área de logística e à disciplina. A Marinha também tem contribuído conosco nos oito terminais marítimos do Brasil onde operamos. Além dessas parcerias importantes, sabemos o quanto é necessária a capacitação dos nossos funcionários atuando nos mais diversos níveis, todos alinhados e trabalhando na busca de oportunidades para desenvolver uma indústria de mineração moderna. Para tanto, precisamos de instalações industriais gigantescas e da aplicação de uma tecnologia de ponta para extrair riqueza das pedras."


POSICIONAMENTO
"A empresa soube posicionar-se muito bem nos últimos anos, aproveitando o crescimento da economia mundial, principalmente na Ásia, onde a China tem liderado e demandado muito dos países produtores de matéria-prima. Isso significa para o Brasil uma mudança na relação de trocas, uma vez que, a partir do momento em que melhoramos os preços dos produtos principais da nossa pauta de exportação, estamos gerando mais riqueza para o País. Todo esse esforço no campo da exportação tem contribuído de forma significativa para a estabilidade da economia brasileira e para a formação das nossas reservas. A Vale representa hoje o orgulho nacional porque vende a imagem do Brasil como uma empresa vencedora em um país vencedor, dotado de talentos, de profissionais qualificados e, ao mesmo tempo, detentor de uma tecnologia que respeita o meio ambiente e o desenvolvimento auto-sustentável."


« Entrevista Anterior      Próxima Entrevista »
...
Realização:
IMEMO

MANTENEDORES:

Sianet

Candinho Assessoria Contabil

CNS

CRA-SP

Orcose Contabilidade e Assessoria

Hífen Comunicação


Pró-Memória Empresarial© e o Programa de Capacitação, Estratégia e Motivação Empreendedora Sala do Empresário® é uma realização do Instituto da Memória Empresarial (IMEMO) e publicado pela Hífen Comunicação em mais de 08 jornais. Conheça a história do projeto.

Diretor: Dorival Jesus Augusto

Conselho Assessor: Alberto Borges Matias (USP), Alencar Burti, Aparecida Terezinha Falcão, Carlos Sérgio Serra, Dante Matarazzo, Elvio Aliprandi, Irani Cavagnoli, Irineu Thomé, José Serafim Abrantes, Marcos Cobra, Nelson Pinheiro da Cruz, Roberto Faldini e Yvonne Capuano.

Contato: Tel. +55 11 9 9998-2155 – [email protected]

REDAÇÃO
Jornalista Responsável: Maria Alice Carnevalli - MTb. 25.085 • Repórter: Fernando Bóris;
Revisão: Angelo Sarubbi Neto • Ilustrador: Eduardo Baptistão

PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL OU PARCIAL DESTAS ENTREVISTAS sem permissão escrita e, quando permitida, desde que citada a fonte. Vedada a memorização e/ou recuperação total ou parcial, bem como a inclusão de qualquer parte da obra em qualquer sistema de processamento de dados. A violação dos Direitos Autorais é punível como crime. Lei nº 6.895 de 17.12.1980 (Cód. Penal) Art. 184 e parágrafos 185 e 186; Lei nº 5.998 de 14.12.1973


Hífen Comunicação
© 1996/2016 - Hífen Comunicação Ltda. - Todos os Direitos Reservados
A marca Sala do Empresário - Programa de Capacitação, Negócios e Estratégia Empresarial
e o direito autoral Pró-Memória Empresarial, são de titularidade de
Hífen Comunicação Editorial e Eventos Ltda.