Home











...


« Memória Empresarial

História da SALA DO EMPRESÁRIO®

Criado em 1987 para discutir o modelo brasileiro de administração, a Sala do Empresário® - Programa de Estratégia Empresarial - nasceu junto com a dinamização da imprensa voltada para assuntos corporativos. O País precisava resgatar sua identidade para dar novos passos à frente, tanto culturais quanto econômicos. A ampliação dos mercados, as transformações radicais de hábitos e posturas, a retomada da democracia e as perspectivas que se abriam influíram decisivamente na implantação da Sala como instrumento de uma mídia maior, o Caderno de Empresas do jornal O Estado de S. Paulo, criado em 1985.

Nascidos da mesma fonte empreendedora dentro do grande jornal, tanto o Caderno de Empresas quanto a Sala começaram a focalizar as atividades empresariais nas suas estratégias pontuais, gerando assim um fluxo de informações sobre o front produtivo, que além de disseminar um trabalho até então praticamente confinado aos bastidores, funcionava como um estímulo de geração de negócios, atraindo a atenção de novos talentos.

Essa fase inicial de formatação e divulgação consistia numa palestra seguida de debate, realizada nas dependências do próprio ESTADÃO, que divulgava a síntese do evento. Recentemente, o jornal colocou à disposição do público todo o seu acervo digitalizado, onde se pode consultar tanto o início das atividades tanto da Sala quanto do Caderno de Empresas, e seus desdobramentos ao longo dos anos.

Conheça mais acessando o Acervo do ESTADÃO:


Caderno de Empresas – Lançado em 04/01/1985

Capa do Jornal ESTADÃO e Reportagem na Página 13
OBS: No acervo do ESTADÃO não foi possível acessar as edições individuais do Caderno de Empresas.


Sala do Empresário® - Lançada em 18/06/1987

Publicação da Coluna Sala do Empresário na Página 48 do ESTADÃO

Capa do Caderno de Empresas na Página 59 do ESTADÃO



A partir de 1990, para aproximar a experiência dos conferencistas com os estudantes, a Sala começou a ser realizada na Faculdade de Administração da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e divulgado não só no "ESTADÃO", mas em alguns jornais da Grande São Paulo, do litoral e do interior. No final de 1992, a Sala já significava um acervo importante do processo de transição enfrentado pelas empresas. Em formato de coluna semanal e com apoio do Sebrae/SP (até junho de 1996), partiu para levantar a experiência dos pequenos e médios empresários, por meio de entrevistas gravadas e depois editadas.

A Sala tem por objetivo criar uma série de atividades que visem disseminar as experiências profissionais, e dela se possam receber reavaliações, que propiciem o desenvolvimento do modelo brasileiro de administração. O produto final esperado é um elenco de proposições, que por meio da memória empresarial, visem o aprimoramento das técnicas de administração.

Para se tornar o tão sonhado País do futuro, o Brasil e as suas empresas precisam conscientizar-se da importância de aprender com os erros e os acertos do passado como cultura e educação empreendedora, servindo de inspiração no surgimento de novas oportunidades de negócio, geradoras de empregos e de contribuições sociais. Essa é a missão do Instituto da Memória Empresarial (IMEMO) – www.imemo.com.br., uma entidade que surgiu em 2004, como apoio à Sala, totalmente sintonizada com as propostas do projeto.

O IMEMO foi criado para convocar, orientar e estimular as organizações empresariais a resgatar sua história, com o objetivo principal de consolidar a trajetória bem-sucedida de empreendedores e de empreendimentos que servem de modelo para as atuais e próximas gerações. Essa iniciativa é formada pelo acervo coletivo totalmente digitalizado a partir de 2000 na internet e publicado todas as semanas pela rede de jornais associados, resgatando a história do empreendedorismo brasileiro, com ações de sensibilização empreendedora com base educativa, cultural, histórica e jornalística.

Um dos aspectos diferenciados da Sala é o trabalho de unir teoria e ação, entre o conceitual e o prático. Daí a sua proposta de ser catalisador de ideias inovadoras e úteis para a tomada de decisão empresarial. Empresários, executivos, profissionais liberais, estudantes participam na interlocução e levantamento de estímulos que geram ações efetivas nas empresas.

O espírito da Sala do Empresário® será sempre de inovação, renovação, desenvolvimento, sempre com a perspectiva do futuro. Sem, porém, se desligar da realidade em que vivemos e sem relegar a importância do aqui e agora. Isto significa que o produto final da Sala do Empresário® é para ser guardado com cuidado, é para ser lido e relido, para ser consultado. Uma fonte inestimável de estímulos de idéias para ações criativas, que levem a um constante aperfeiçoamento, desenvolvimento e crescimento do potencial humano e consequentemente das empresas.

Atualmente, a coluna Sala do Empresário® circula, semanalmente, em 11 jornais dos estados de São Paulo e Paraná.

Se você ficou interessado e deseja conhecer mais sobre o projeto, por favor, envie-nos um e-mail ou telefone para (11) 3256-3265.

...
Realização:
IMEMO

MANTENEDORES:


Pró-Memória Empresarial© e o Programa de Capacitação, Estratégia e Motivação Empreendedora Sala do Empresário® é uma realização do Instituto da Memória Empresarial (IMEMO) e publicado pela Hífen Comunicação em mais de 11 jornais. Conheça a história do projeto.

Diretor: Dorival Jesus Augusto

Conselho Assessor: Alberto Borges Matias (USP), Alencar Burti, Aparecida Terezinha Falcão, Carlos Sérgio Serra, Dante Matarazzo, Elvio Aliprandi, Irani Cavagnoli, Irineu Thomé, José Serafim Abrantes, Marcos Cobra, Nelson Pinheiro da Cruz, Roberto Faldini e Yvonne Capuano.

Contato: Tel. +55 11 3256-3265 – [email protected]


Hífen Comunicação
- Todos os Direitos Reservados
A marca Sala do Empresário - Programa de Capacitação, Negócios e Estratégia Empresarial
e o direito autoral Pró-Memória Empresarial, são de titularidade de
Hífen Comunicação Editorial e Eventos Ltda.