Home











...



« Memória Empresarial • ANO XXVIII - Ed. 167 (18/06/1995)

Informação Organizada gera Negócios

Pesquisar, organizar e difundir dados, criando mecanismos e utilizando instrumentos apropriados para tornar a informação acessível ao usuário, é uma especialidade cheia de perspectivas para as atividades empresariais de qualquer porte. É comum que o cliente para esse tipo de serviço seja a grande empresa, que possui recursos para investir na sistematização de seus acervos, às vezes dispersos e gigantescos. Mas também as pequenas organizações podem contratar firmas especializadas que ensinam como lidar com todo tipo de informação, proporcionando, assim, mais competitividade e, em conseqüência, mais faturamento.
A Collecta, Processo, Produto e Coleta de Dados S/C Ltda. - tel.: (011) 522-4951 - tem um perfil que define o comportamento desse mercado. Criada há seis anos, ela conquistou grandes clientes, graças ao currículo e à forma de atuação de sua fundadora, Auta Rojas Barreto. Ex-diretora do Dedoc, Departamento de Documentação da Editora Abril, e tendo trabalhado em diversas instituições públicas e privadas, ela ganhou concorrências em empresas como Sabesp, Petrobrás, Rhodia e Docenave, trabalhando em parceria com outros especialistas de idêntico gabarito profissional.
Sua intenção é também diversificar, intensificando seu trabalho junto ao vasto mercado de empresas de micro e pequeno portes. É o que ela conta no depoimento a seguir.

RESGATANDO DOCUMENTOS VALIOSOS
"A implantação de um serviço de informação tecnológica em saneamento básico, que estamos desenvolvendo na Sabesp, é um ótimo exemplo da nossa atuação. Saneamento é uma das metas prioritárias de qualquer governo no mundo, mas, no Brasil, até agora não existe nenhum serviço de informação regular nessa área. O que fazemos lá vai permitir que a Sabesp informe a própria corporação, os técnicos do setor, as outras companhias similares, as indústrias que enfrentam o problema dos rejeitos poluidores etc.
Para isso, ela precisa ter sua própria informação organizada, para poder melhor desempenhar sua função. A idéia é trabalhar durante um ano para poder disponibilizar os dados para dentro e para fora da organização, com o auxílio da informática ou até mesmo de trabalhos manuais, organizando fisicamente a documentação.
Fizemos um trabalho semelhante na Docenave, que é a subsidiária da Vale do Rio Doce para transporte marítimo, organizando a documentação técnica, administrativa e jurídica, permitindo, assim, que a companhia localizasse informações valiosas que levaram a novos e lucrativos negócios. Só um processo localizado junto ao porto de Santos permitiu que a empresa ganhasse mais de cinco vezes o valor pago ao nosso trabalho."

PARCERIAS MULTIPLICAM DESEMPENHO
"Nosso diferencial é que não nos preocupamos em apenas organizar papéis. Trabalhamos com mecanismos para organizar a informação como um todo, independente do que o cliente saiba exatamente o que quer. E formamos equipes para viabilizar esse processo. Para o Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia, por exemplo, estamos trabalhando entre quatro pessoas, unindo especialidades para escrever um manual de gestão de unidade de informação, que ensina como gerenciar desde uma biblioteca pública até um banco de dados de uma empresa de alta tecnologia.
Uma dessas pessoas é a Elizabeth Carvalho, que foi gerente-geral de todo o serviço de informação da Petrobrás, sendo responsável pela criação da memória da companhia. Ela é nossa consultora nesse trabalho. Participamos, em São Paulo, do grupo Information Group, constituído por diversas pequenas empresas especializadas em informação. Existem, entre outras, a SSH, do Elio da Costa, que gera documentos eletrônicos, trabalha com diversos software e é nosso parceiro firme; a Prosoma, do Eduardo Barille, que faz scaneamento de documentos e gera CD-ROM; e a Praxis, do Sérgio Storche, que trabalha com marketing de serviços e sistemas de informação. Acho que esse modelo de trabalhar em parceria é melhor do que crescer muito dentro da própria estrutura."

FACULDADES ERRAM O ALVO
"Sempre procurei participar de congressos e seminários de biblioteconomia, aprimorando conhecimentos na busca de soluções de ponta para minha área. Trabalhei na Academia Nacional de Medicina, no Instituto de Pesquisas Espaciais, no Instituto Nacional de Tecnologia, e participo de grupos de trabalho do governo ligados a esta área de informação e documentação.
Temos problemas de formação de mão-de-obra, já que as faculdades, de modo geral, não formam as pessoas adequadamente para as demandas do mercado. Montei minha empresa pelo SEBRAE/SP e vejo essa instituição ajudando a modificar a situação, fazendo com que o Brasil evolua nesse setor. Fui indicada pelo SEBRAE Nacional para criar um sistema de informação para micro e pequenas empresas no contexto do Mercosul.
Trabalhamos a informação para a inovação, e isso pode ser aplicado para as pequenas empresas. Com informação disponível, o empresário pode acessar novas técnicas de produção, aumentando sua qualidade e competitividade. Aprendendo a se comunicar melhor, conhecendo os insumos apropriados e os caminhos que levam a novos níveis de venda, ele poderá crescer."


« Entrevista Anterior      Próxima Entrevista »
...
Realização:
IMEMO

MANTENEDORES:

CRA-SP

Orcose Contabilidade e Assessoria

Sianet

Candinho Assessoria Contabil

CNS

Hífen Comunicação


Pró-Memória Empresarial© e o Programa de Capacitação, Estratégia e Motivação Empreendedora Sala do Empresário® é uma realização do Instituto da Memória Empresarial (IMEMO) e publicado pela Hífen Comunicação em mais de 08 jornais. Conheça a história do projeto.

Diretor: Dorival Jesus Augusto

Conselho Assessor: Alberto Borges Matias (USP), Alencar Burti, Aparecida Terezinha Falcão, Carlos Sérgio Serra, Dante Matarazzo, Elvio Aliprandi, Irani Cavagnoli, Irineu Thomé, José Serafim Abrantes, Marcos Cobra, Nelson Pinheiro da Cruz, Roberto Faldini e Yvonne Capuano.

Contato: Tel. +55 11 9 9998-2155 – [email protected]

REDAÇÃO
Jornalista Responsável: Nei Carvalho Duclós - MTb. 2.177.865 • Repórter: ;
Revisão: Angelo Sarubbi Neto • Ilustrador: Eduardo Baptistão

PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL OU PARCIAL DESTAS ENTREVISTAS sem permissão escrita e, quando permitida, desde que citada a fonte. Vedada a memorização e/ou recuperação total ou parcial, bem como a inclusão de qualquer parte da obra em qualquer sistema de processamento de dados. A violação dos Direitos Autorais é punível como crime. Lei nº 6.895 de 17.12.1980 (Cód. Penal) Art. 184 e parágrafos 185 e 186; Lei nº 5.998 de 14.12.1973


Hífen Comunicação
© 1996/2016 - Hífen Comunicação Ltda. - Todos os Direitos Reservados
A marca Sala do Empresário - Programa de Capacitação, Negócios e Estratégia Empresarial
e o direito autoral Pró-Memória Empresarial, são de titularidade de
Hífen Comunicação Editorial e Eventos Ltda.