Home











...



« Memória Empresarial • ANO XXVIII - Ed. 499 (28/10/2001)

Marketing 365 Dias por Ano

O setor de brindes busca cada vez mais satisfazer as necessidades do seu público consumidor, preocupado sempre com a inovação e com a atualização dos produtos que oferece. Não só no Brasil, mas também em todo o mundo, as empresas do segmento buscam manter contato com os clientes, além de pesquisar o que existe de mais criativo e sofisticado em termos de tendências para o lançamento de novas coleções. No caso específico das agendas, vale lembrar que o nome da organização vai estar presente na mesa ou no bolso daquele que as recebe durante todo o ano, associado à imagem da instituição, podendo ser personalizado de acordo com a cultura empresarial. Especialista no assunto desde a sua fundação em 1936, a Agendas Pombo Lediberg - www.agendaspombo.com.br - é líder no País, com cerca de 1.000 itens que variam de tamanho, cor, design, entre outros detalhes que fazem a diferença para a manutenção e para o crescimento do negócio. Em depoimento exclusivo, João Mário Renucci, diretor da empresa, explica os motivos que fazem da marca uma referência no mercado e fala da modernização da fábrica em razão da sua associação a uma multinacional italiana.

PRESERVAÇÃO
"A primeira mensagem que passamos para o nosso grupo de representantes é manter o seu território, ou seja, os clientes que já foram conquistados e serão os primeiros a serem atacados pela concorrência. Isso se faz por meio de um bom relacionamento e da prestação de um excelente serviço. É ter o melhor produto com preço adequado, quer dizer, aquele que o mercado está disposto a pagar pelo produto. No caso das agendas, é preciso convencê-lo de que se trata de uma mídia em que a empresa vai expor sua marca durante os 365 dias do ano. Além disso, deve-se tomar todos os cuidados possíveis para vender e entregar a mercadoria dentro do prazo combinado, porque existe a má fama de mercado de brindes em geral não cumprir seus compromissos. A maioria do brindeiros e, especialmente, os agendeiros que vendem uma vez por ano, vão procurar o cliente na hora de vender, o que é um erro brutal. Na verdade, o segredo consiste em estar sempre na memória dele, mas sem cansá-lo, o que pode ser feito por meio de uma carta, de um agradecimento, de um evento de lançamento, de um presente de aniversário ou até mesmo de um folheto ou algo do gênero. Tem que saber a dose certa."

MUDANÇAS
"Em fevereiro de 1998, houve a criação de uma nova empresa com a união da antiga Brindes Pombo e da multinacional italiana Lediberg SPA, uma das maiores fabricantes de agendas do mundo, dando origem à Agendas Pombo Lediberg Ltda. A principal mudança para nós é que transferimos uma fábrica antiquada e muito defasada do ponto de vista tecnológico para uma fábrica de Primeiro Mundo. Não importa que ela esteja localizada na Itália, a 10 mil quilômetros de distância, por que o mundo hoje está globalizado. Para ser líder de mercado, é preciso produzir milhões de agendas, e isso não pode ser feito manualmente, à moda antiga. Com esse processo de associação, ganhamos estilo, design moderno, sofisticação, qualidade maior ainda e uma diversidade de produtos muito grande, além de agilidade. Quando a Lediberg demonstrou interesse em vir para o Brasil, achamos melhor associarmo-nos para evitar que ela entrasse sozinha no mercado ou com algum outro parceiro."

MERCADO FANTÁSTICO
"O Brasil representa hoje de 8 a 10% do total de agendas vendidas no mundo, ocupando o terceiro lugar no ranking da Lediberg. Trabalhamos com cerca de 100 representantes no território nacional, o que significa que não há uma capital sem representação nossa. O potencial desse mercado é incrível até mesmo em estados e cidades mais recentes e distantes como Palmas, Tocantins, Acre e Rondônia. Se alguma empresa imagina que não deveria estar lá é bobagem. Tem que estar, porque vende. O importante é ser bom naquilo que se faz e ir agregando eventualmente novas linhas complementares às necessidades do cliente que tem que ser o mesmo para que se possa aproveitar as redes de distribuição e de representação. Se não houver um norte, um foco para a sustentação do negócio e para dar sinergia a ele, fica difícil administrar uma empresa."


« Entrevista Anterior      Próxima Entrevista »
...
Realização:
IMEMO

MANTENEDORES:

CRA-SP

Orcose Contabilidade e Assessoria

Sianet

Candinho Assessoria Contabil

CNS

Hífen Comunicação


Pró-Memória Empresarial© e o Programa de Capacitação, Estratégia e Motivação Empreendedora Sala do Empresário® é uma realização do Instituto da Memória Empresarial (IMEMO) e publicado pela Hífen Comunicação em mais de 08 jornais. Conheça a história do projeto.

Diretor: Dorival Jesus Augusto

Conselho Assessor: Alberto Borges Matias (USP), Alencar Burti, Aparecida Terezinha Falcão, Carlos Sérgio Serra, Dante Matarazzo, Elvio Aliprandi, Irani Cavagnoli, Irineu Thomé, José Serafim Abrantes, Marcos Cobra, Nelson Pinheiro da Cruz, Roberto Faldini e Yvonne Capuano.

Contato: Tel. +55 11 9 9998-2155 – [email protected]

REDAÇÃO
Jornalista Responsável: Maria Alice Carnevalli - MTb. 25.085 • Repórter: Fernando Bóris;
Revisão: Angelo Sarubbi Neto • Ilustrador: Eduardo Baptistão

PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL OU PARCIAL DESTAS ENTREVISTAS sem permissão escrita e, quando permitida, desde que citada a fonte. Vedada a memorização e/ou recuperação total ou parcial, bem como a inclusão de qualquer parte da obra em qualquer sistema de processamento de dados. A violação dos Direitos Autorais é punível como crime. Lei nº 6.895 de 17.12.1980 (Cód. Penal) Art. 184 e parágrafos 185 e 186; Lei nº 5.998 de 14.12.1973


Hífen Comunicação
© 1996/2016 - Hífen Comunicação Ltda. - Todos os Direitos Reservados
A marca Sala do Empresário - Programa de Capacitação, Negócios e Estratégia Empresarial
e o direito autoral Pró-Memória Empresarial, são de titularidade de
Hífen Comunicação Editorial e Eventos Ltda.