Home











...



« Memória Empresarial • ANO XXVIII - Ed. 742 (25/06/2006)

Maturidade com Renovação

Completar 50 anos de atividades em um pais tão inóspito ao empreendedorismo como o Brasil já é um grande feito para qualquer empresa genuinamente nacional. No entanto, quando uma organização chega a essa idade totalmente revitalizada e voltada para novas iniciativas em termos de produtos e de mercados consumidores, torna-se um marco em termos de desempenho gerencial, que merece a admiração e o respeito de todo o universo corporativo. Quem está atravessando esse momento privilegiado da sua história, resultado de um processo de sucessão familiar bem-sucedido, é o Grupo Beraca Sabará - www.beraca.com, produtor e distribuidor de insumos e de matérias-primas para os mais variados segmentos do setor industrial. Em sua terceira geração, a empresa une a experiência à coragem de investir em nichos inovadores e abrir cada vez mais as portas para o exterior. Em depoimento exclusivo, Daniel Nosé Sabará, gerente administrativo e um dos netos herdeiros do fundador Ubirajara Sabará, relata com orgulho o pioneirismo do avô e a trajetória de conquistas da empresa em seu processo de expansão.

VALOR AGREGADO
"A empresa teve início em 16 de outubro de 1956 com o seu fundador. Acreditamos que ele desenvolveu um mercado na época inexistente com uma das divisões que perdura até hoje, que é a divisão de sanitizantes. Ainda na década de 50, ele soube aproveitar muito bem o conhecimento e a oportunidade de trabalhar com um produto com o qual poucas empresas estavam dispostas a trabalhar, que é o cloro. Ele começou a atuar como distribuidor de um produto perigoso em termos de química, de manuseio, e passou a oferecer serviços que não existiam no mercado. A oportunidade surgiu a partir dessa visão de que um produto difícil, de muita responsabilidade, poderia, pela agregação de outros valores, ser um negócio rentável e promissor que duraria por muitas décadas. Até hoje, nós nos mantemos como os maiores distribuidores de cloro da América Latina, como uma empresa familiar brasileira, que está completando 50 anos"

DIVERSIFICAÇÃO
"A segunda geração contribuiu com a visão empreendedora da diversificação. Eles começaram a importar produtos que, na época, não havia no Brasil e abriram outra empresa. Na década de 90, foi criada a Beraca, que era uma empresa de oportunidade para trazer produtos diferenciados do exterior para a indústria brasileira. Começamos a importar novas matérias-primas de alto valor agregado para a indústria de alimentos farmacêutica e de cosméticos. O salto de posicionamento dos sócios surgiu com a criação de um braço que era totalmente diferente daquele que o fundador tinha vislumbrado, mas que fazia parte do DNA da empresa. O momento atual está acontecendo em cima da importância que esses novos produtos e mercados ganharam em volume e perspectiva de tal maneira que precisaram ser divididos. Por isso, criamos uma divisão de alimentos, uma de nutrição e saúde animal e uma divisão de cosméticos, separadas da divisão de sanitizantes. Com o tempo, as empresas foram unificadas em termos de faturamento e plantas fabris para compartilhar estoques o obter maior poder de barganha."

CONCEITO INOVADOR
"No início do novo milênio, já como Beraca Sabará, a empresa conheceu outra, situada nas proximidades de Belém, no Pará. Os atuais diretores visionaram uma oportunidade de trabalhar com produtos de origem vegetal, da Amazônia. O conceito era muito promissor, segundo a visão dos sócios, que compraram essa empresa, inicialmente como um investimento individual. A visão deles consistia em agregar esses ingredientes à divisão voltada para o mercado farmacêutico e de cosméticos. Com o passar do tempo, começamos uma verdadeira reviravolta em termos de fabricação, com a montagem de refinarias de óleos brasileiros, manuseados por brasileiros, para oferecer um produto inovador à industria mundial de cosméticos. Pela primeira vez, nós buscamos um parceiro internacional para financiar esse projeto e temos hoje uma linha de crédito que vai financiar esse novo passo de extrativismo com inclusão social e garantir maior visibilidade à empresa. Temos até mesmo a intenção de abrir uma filial fora do País."


« Entrevista Anterior      Próxima Entrevista »
...
Realização:
IMEMO

MANTENEDORES:

Orcose Contabilidade e Assessoria

Sianet

Candinho Assessoria Contabil

CNS

Hífen Comunicação


Pró-Memória Empresarial© e o Programa de Capacitação, Estratégia e Motivação Empreendedora Sala do Empresário® é uma realização do Instituto da Memória Empresarial (IMEMO) e publicado pela Hífen Comunicação em mais de 08 jornais. Conheça a história do projeto.

Diretor: Dorival Jesus Augusto

Conselho Assessor: Alberto Borges Matias (USP), Alencar Burti, Aparecida Terezinha Falcão, Carlos Sérgio Serra, Dante Matarazzo, Elvio Aliprandi, Irani Cavagnoli, Irineu Thomé, José Serafim Abrantes, Marcos Cobra, Nelson Pinheiro da Cruz, Roberto Faldini e Yvonne Capuano.

Contato: Tel. +55 11 3256-3265 – publicacoes@empresario.com.br

REDAÇÃO
Jornalista Responsável: Maria Alice Carnevalli - MTb. 25.085 • Repórter: Fernando Bóris;
Revisão: Lírio C. da Silva • Ilustrador: Eduardo Baptistão

PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL OU PARCIAL DESTAS ENTREVISTAS sem permissão escrita e, quando permitida, desde que citada a fonte. Vedada a memorização e/ou recuperação total ou parcial, bem como a inclusão de qualquer parte da obra em qualquer sistema de processamento de dados. A violação dos Direitos Autorais é punível como crime. Lei nº 6.895 de 17.12.1980 (Cód. Penal) Art. 184 e parágrafos 185 e 186; Lei nº 5.998 de 14.12.1973


Hífen Comunicação
© 1996/2016 - Hífen Comunicação Ltda. - Todos os Direitos Reservados
A marca Sala do Empresário - Programa de Capacitação, Negócios e Estratégia Empresarial
e o direito autoral Pró-Memória Empresarial, são de titularidade de
Hífen Comunicação Editorial e Eventos Ltda.