Home











...



« Memória Empresarial • ANO XXVIII - Ed. 783 (08/04/2007)

Entidade do Século XXI

Com as mudanças que as novas tecnologias trouxeram aos negócios, não existem mais barreiras para que empresas de qualquer porte possam exercer suas atividades de acordo com as condutas mais modernas de gestão estratégica, uma vez que o comportamento dos consumidores no Brasil tende a ser igual no mundo inteiro. As grandes parcerias de corporações já eliminaram boa parte das etapas do processo de vendas por meio da gestão eficaz de um ambiente contingenciado. A evolução que universaliza o conceito de marketing fez com que as entidades de classe passassem a ocupar novo papel, contemplando principalmente a relação dos seus membros com o mundo, para que os empresários possam crescer e resolver os problemas estruturais dos seus países. Um exemplo expressivo nessa direção foi a criação e a expansão internacional da Federação Nacional das Associações dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil - FENADVB. Em depoimento exclusivo, o presidente da entidade, Agostinho Turbian - e-mail: [email protected] - Tel.: (11) 3663-2242, relata como surgiu essa iniciativa e como ela vem colaborando para ser cada vez mais atuante no sentido de estimular e capacitar os empreendedores brasileiros.

QUESTÃO NACIONAL
"A FENADVB surgiu do desejo da Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil (ADVB) de São Paulo de permear as outras ADVBs que foram criadas depois em outros estados como o Pará, a Bahia e o Rio Grande do Sul, para que houvesse uma interlocução com os interesses políticos e mercadológicos daquilo que o sistema pode oferecer à livre iniciativa no Brasil. Nós congregamos empresários de todas as áreas da economia e, no momento em que as nossas entidades passaram a ter um papel mais substancial no cenário brasileiro, houve a necessidade de começarmos a trabalhar a questão nacional em forma de rede. Sentimos a necessidade de ter um sistema e, por isso, criamos a federação, que entrou em funcionamento efetivo a partir de 2006. Percebemos a importância de investir em uma relação mais institucional para discutir assuntos de interesse maior por meio de fóruns de debates político-empresariais, mesmo sendo apartidários."

SUSTENTABILIDADE
"O nosso principal objetivo é trabalhar para o desenvolvimento sustentável da Nação, pois acreditamos que 90% dos problemas das empresas estarão resolvidos quando elas estiverem vendendo. A nossa entidade comunga com essa idéia, porque, se há vendas, a empresa tem condições de rodar a sua operação. Nesse sentido, o nosso maior foco consiste em levar as experiências de sucesso, e isso nós entendemos como desenvolvimento sustentado. Nós respeitamos a atuação da nossa base local, e, por essa razão, a FENADVB não possui uma gestão direta na operação das suas representantes. Cada ADVB é uma entidade independente e por ser reconhecida por nós e vice-versa, atuando de acordo com os interesses econômicos e sociais do seu estado de origem. A livre iniciativa hoje é como um oxigênio que o pulmão do empresariado acabou percebendo que não precisa mais receber poluído. Ele se prepara, sabe escolher e sabe negociar via on-line, fazendo da rede uma aliada estratégica. É um erro afirmar que o micro e o pequeno empresários não usam a Internet. Não é verdade, e pudemos constatar isso nos lugares mais humildes em que há economia no Brasil."

PERSPECTIVAS
"Neste ano de 2007, temos a pretensão de fazer um encontro nacional em Miami, por termos uma sede instalada lá há dois anos. Nós percebemos que o empresário precisa ter a consciência de se abster por alguns momentos da discussão política, porque ele já possui responsabilidades demais sob o seu trabalho e deve deixar para as entidades o papel reivindicatório de acompanhar esse processo e observar as grandes decisões políticas do País. Para isso, existem os líderes empresariais que se disponibilizam, e, no momento em que os empresários se abstêm dessa participação direta, eles podem dedicar-se com mais atenção aos seus negócios. Vamos inaugurar a ADVB de Brasília nos próximos três meses e já temos uma diretoria e todos os contatos para, no dia 12 de maio de 2007, implementarmos a ADVB no Japão, na cidade de Nagoya, que terá como presidente Sérgio Tinen, diretor-presidente da Central Trade e representante da TV Globo Internacional no Japão."


« Entrevista Anterior      Próxima Entrevista »
...
Realização:
IMEMO

MANTENEDORES:

CRA-SP

Orcose Contabilidade e Assessoria

Sianet

Candinho Assessoria Contabil

CNS

Hífen Comunicação


Pró-Memória Empresarial© e o Programa de Capacitação, Estratégia e Motivação Empreendedora Sala do Empresário® é uma realização do Instituto da Memória Empresarial (IMEMO) e publicado pela Hífen Comunicação em mais de 08 jornais. Conheça a história do projeto.

Diretor: Dorival Jesus Augusto

Conselho Assessor: Alberto Borges Matias (USP), Alencar Burti, Aparecida Terezinha Falcão, Carlos Sérgio Serra, Dante Matarazzo, Elvio Aliprandi, Irani Cavagnoli, Irineu Thomé, José Serafim Abrantes, Marcos Cobra, Nelson Pinheiro da Cruz, Roberto Faldini e Yvonne Capuano.

Contato: Tel. +55 11 9 9998-2155 – [email protected]

REDAÇÃO
Jornalista Responsável: Maria Alice Carnevalli - MTb. 25.085 • Repórter: Fernando Bóris;
Revisão: Angelo Sarubbi Neto • Ilustrador: Eduardo Baptistão

PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL OU PARCIAL DESTAS ENTREVISTAS sem permissão escrita e, quando permitida, desde que citada a fonte. Vedada a memorização e/ou recuperação total ou parcial, bem como a inclusão de qualquer parte da obra em qualquer sistema de processamento de dados. A violação dos Direitos Autorais é punível como crime. Lei nº 6.895 de 17.12.1980 (Cód. Penal) Art. 184 e parágrafos 185 e 186; Lei nº 5.998 de 14.12.1973


Hífen Comunicação
© 1996/2016 - Hífen Comunicação Ltda. - Todos os Direitos Reservados
A marca Sala do Empresário - Programa de Capacitação, Negócios e Estratégia Empresarial
e o direito autoral Pró-Memória Empresarial, são de titularidade de
Hífen Comunicação Editorial e Eventos Ltda.