Home











...



« Memória Empresarial • ANO XXVIII - Ed. 882 (01/03/2009)

Travesseiro de astronauta

Chega um dia em que muitos profissionais liberais começam a pensar em novas formas de expandir suas atividades e acabam sentindo-se tolhidos pelas paredes dos seus escritórios e consultórios, presos a uma clientela que tende a se manter estável com o passar dos anos. Nesse momento, é chegada a hora de ousar e partir para o empreendedorismo como forma de reinventar não apenas a forma de inserção social como também para realizar um projeto de vida capaz de satisfazer a necessidade de voar mais longe. Foi o que aconteceu com o dentista de Santos, Nicolau Zacura Neto, fundador e diretor comercial da Aumar Comércio de Espumaswww.aumarespumas.com.br, fabricante de travesseiros a base de visco elástico, aprovados pela Nasa com o objetivo de proporcionar aos astronautas maior conforto para a cabeça e para o pescoço. Depois de catorze anos de trabalho dedicados à área odontológica, ele recebeu a proposta de um engenheiro químico e fabricante de poliuretano, matéria-prima para a confecção desse material, que lhe propôs a abertura de um negócio que contaria com todo o seu apoio. Em depoimento exclusivo e bastante entusiasmado com a missão empresarial que aceitou como um grande desafio de lançar esse produto no Brasil, ele conta como venceu a barreira de trocar de profissão partindo da estaca zero, com novo universo a ser descoberto a cada dia.

GARANTIA
"Começamos lentamente em 1999, eu, minha mulher e dois funcionários, em um pequeno galpão alugado. Com sabedoria e consciência, decidi não abandonar o consultório e fiquei trabalhando como dentista e na fábrica, avisando a clientela que iria desligar-me no futuro até a empresa conseguir andar sozinha com as próprias pernas. Depois de dois anos, fechei o consultório, já que o fornecedor que tinha dado a ideia me garantia todo o respaldo em espumas de poliuretano. Tudo teve início com a fabricação de blocos de espumas com nossos próprios recursos que vendíamos para tapeceiros e arquitetos locais, que precisavam do material para reformar móveis. Em conjunto com o fornecedor, fomos desenvolvendo o travesseiro de visco elástico e estudando a melhor forma de apresentá-lo ao mercado em termos de embalagem e lançamos o Performer."


BEIRADAS
"Como outras grandes empresas de travesseiro também lançaram esse modelo com visco elástico, decidimos não abordar o mercado de São Paulo logo de imediato, em razão da concorrência, pois ainda não fabricávamos grandes volumes. Quando comecei a visitar outras capitais brasileiras, percebi que ainda não havia uma briga tão violenta de preços. Tinha mais espaço de crescimento nas cidades mais distantes, e foi onde demos o voo mais alto, começando a levar o produto para Porto Alegre, Curitiba, Belo Horizonte, entre outras. Os elogios do mercado começaram a acontecer, e aumentavam a minha responsabilidade até decidir que queria ser um dos melhores. Em 2005, pela revista Poliuretano, nós ganhamos um prêmio de excelência do melhor material visco elástico produzido no País até então. Como vendedor exclusivo da Aumar, fui aprendendo com os lojistas tudo sobre vendas, comunicação visual e a empresa também começou a fabricar para marcas próprias."


MATURIDADE
"O nosso negócio sempre foi lento e está sendo lento até hoje para se manter com os próprios recursos da empresa. Procuramos investir ao máximo e queremos atingir metas maiores. Começamos com um molde pequeno, depois fomos para cinco moldes, tudo manualmente, e agora temos duas máquinas injetoras que valem juntas cerca de 200 mil euros, adquiridas com a ajuda do Banco do Brasil há três anos. Foi um tiro certeiro, uma vez que a nossa produção começou a dar pulos até chegar a 20 mil unidades por mês. Com a quantidade que fabricávamos, não íamos muito longe e demoramos para ter essa visão, mas nunca é tarde. Isso facilitou o nosso crescimento em volume, porque não dá para ficar pequeno sob pena de não sermos competitivos. O mercado de travesseiros está sempre em alta, porque os brasileiros assimilaram muito bem o material visco elástico e estão buscando cada vez mais peças confortáveis e duráveis para dormir, mas temos que ficar atentos e ter sempre novidades em mente para lançar no momento propício."


« Entrevista Anterior      Próxima Entrevista »
...
Realização:
IMEMO

MANTENEDORES:

Sianet

Candinho Assessoria Contabil

CNS

CRA-SP

Orcose Contabilidade e Assessoria

Hífen Comunicação


Pró-Memória Empresarial© e o Programa de Capacitação, Estratégia e Motivação Empreendedora Sala do Empresário® é uma realização do Instituto da Memória Empresarial (IMEMO) e publicado pela Hífen Comunicação em mais de 08 jornais. Conheça a história do projeto.

Diretor: Dorival Jesus Augusto

Conselho Assessor: Alberto Borges Matias (USP), Alencar Burti, Aparecida Terezinha Falcão, Carlos Sérgio Serra, Dante Matarazzo, Elvio Aliprandi, Irani Cavagnoli, Irineu Thomé, José Serafim Abrantes, Marcos Cobra, Nelson Pinheiro da Cruz, Roberto Faldini e Yvonne Capuano.

Contato: Tel. +55 11 9 9998-2155 – [email protected]

REDAÇÃO
Jornalista Responsável: Maria Alice Carnevalli - MTb. 25.085 • Repórter: Fernando Bóris;
Revisão: Angelo Sarubbi Neto • Ilustrador: Eduardo Baptistão

PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL OU PARCIAL DESTAS ENTREVISTAS sem permissão escrita e, quando permitida, desde que citada a fonte. Vedada a memorização e/ou recuperação total ou parcial, bem como a inclusão de qualquer parte da obra em qualquer sistema de processamento de dados. A violação dos Direitos Autorais é punível como crime. Lei nº 6.895 de 17.12.1980 (Cód. Penal) Art. 184 e parágrafos 185 e 186; Lei nº 5.998 de 14.12.1973


Hífen Comunicação
© 1996/2016 - Hífen Comunicação Ltda. - Todos os Direitos Reservados
A marca Sala do Empresário - Programa de Capacitação, Negócios e Estratégia Empresarial
e o direito autoral Pró-Memória Empresarial, são de titularidade de
Hífen Comunicação Editorial e Eventos Ltda.