Home











...



« Memória Empresarial • ANO XXVIII - Ed. 890 (26/04/2009)

Interação com harmonia

Mesmo sendo herdeiros ou responsáveis pela abertura do próprio negócio, os jovens empresários de hoje já trazem a marca da inovação permanente na maneira de pensar e de comandar suas empresas. Por viverem em uma época de transformações profundas, principalmente do ponto de vista tecnológico, eles sabem que não basta atingir o sucesso para a consolidação de uma marca no mercado, mas, sim, evitar a armadilha de permanecer nessa zona de conforto ilusória e ir além, vislumbrando os passos necessários à sobrevivência e ao crescimento constante da atividade empreendedora por meio de novos projetos. Esse é caso de Francine Nonaka, da Dzyon S/Awww.dzyon.com –, empresa especializada na criação e no desenvolvimento de softwares de gestão empresarial. Ela assumiu em janeiro a presidência da organização fundada pelo pai há 22 anos, em um pequeno balcão no bairro de Taboão da Serra, em São Paulo. Atualmente, instalada no maior polo de concentração das empresas de Tecnologia da Informação na capital paulista, a Dzyon atende cerca de 120 clientes com a proposta de levar um estilo diferenciado, enfatizando a harmonia do ambiente de trabalho a partir da informática como ferramenta. Em depoimento exclusivo, ela relata com bastante entusiasmo essa trajetória bem-sucedida e conta como pretende expandir os serviços de forma continuada, tendo sempre o fundador como conselheiro.

SUCESSÃO
"Desde que me conheço como profissional, trabalho na Dzyon e a minha experiência toda foi adquirida na prática, vivendo o dia-a-dia das empresas que são nossas clientes. Estou aqui há treze anos por decisão própria, juntamente com minhas duas irmãs mais novas. Depois de trabalhar dezoito anos na Cosipa, meu pai foi aprendendo as peculiaridades de cada gestão, avaliando o que achava certo e errado. Ao deixar o emprego, ele resolveu abrir um negócio e atuou em vários segmentos de mercado, como sorveteria e restaurante. Porém, ele sentia falta de informação, que não tinha dados suficientes para tomar uma decisão para saber o que fazer, o que mudar e, consciente disso, conseguiu desenvolver, com a ajuda de programadores de sistemas, um software de gestão para não ter as dificuldades que teve nas tentativas anteriores, quando decidiu montar uma revenda de hardware. Eles mesmos conceberam o modelo com base na experiência administrativa do meu pai e foram aperfeiçoando o modelo com o tempo."


DIFERENCIAL
"O que oferecemos de diferente, além do produto, que é desenvolvido sob medida para vários segmentos de atividades, é a forma ágil e dinâmica como desenvolvemos isso dentro das empresas. Sabemos que toda a implementação de software implica mudanças estruturais que as pessoas precisam aceitar, uma vez que terão que mudar a forma de trabalhar. A primeira reação geralmente é resistir, pois elas não sabem como vai ser depois que tudo estiver instalado. Querendo ou não, os funcionários ficam receosos e, se não houver uma preocupação em inseri-los nesse processo, eles podem sabotar o projeto, algo que entendemos como uma forma de defesa e já nos afetou muito no passado. Por essa razão, resolvemos desenvolver um sistema com a noção de facilitar a interação para quem viesse utilizá-lo. Quem vê o nosso software de gestão observa que ele é fácil de compreender, que é bem autodidático e amigável, sendo muito bem-aceito por todos os segmentos empresariais."


MOMENTO CERTO
"As mudanças são sempre constantes, mas, neste momento específico, as mudanças estão ocorrendo com mais velocidade por conta de muitos casos de fusões e existem muitas empresas de software consagradas que já estão-se juntando. Acredito que estamos no momento certo para ocupar esses vazios que estão ficando e sabemos que temos condições, know how e produto para isso. Sabemos, no entanto, que no sucesso também está a chave do próximo fracasso. Temos que estar atentos, porque aquilo que está inovando hoje é o que pode fazer com que fiquemos para trás se não pensarmos em introduzir novos produtos e serviços de maneira constante e planejada com antecedência e visão de futuro. Essa é uma lei do mercado que nos obriga a inovar de forma continuada como estratégia de crescimento e projeção da nossa marca."


« Entrevista Anterior      Próxima Entrevista »
...
Realização:
IMEMO

MANTENEDORES:

CRA-SP

Orcose Contabilidade e Assessoria

Sianet

Candinho Assessoria Contabil

CNS

Hífen Comunicação


Pró-Memória Empresarial© e o Programa de Capacitação, Estratégia e Motivação Empreendedora Sala do Empresário® é uma realização do Instituto da Memória Empresarial (IMEMO) e publicado pela Hífen Comunicação em mais de 08 jornais. Conheça a história do projeto.

Diretor: Dorival Jesus Augusto

Conselho Assessor: Alberto Borges Matias (USP), Alencar Burti, Aparecida Terezinha Falcão, Carlos Sérgio Serra, Dante Matarazzo, Elvio Aliprandi, Irani Cavagnoli, Irineu Thomé, José Serafim Abrantes, Marcos Cobra, Nelson Pinheiro da Cruz, Roberto Faldini e Yvonne Capuano.

Contato: Tel. +55 11 9 9998-2155 – [email protected]

REDAÇÃO
Jornalista Responsável: Maria Alice Carnevalli - MTb. 25.085 • Repórter: Fernando Bóris;
Revisão: Angelo Sarubbi Neto • Ilustrador: Eduardo Baptistão

PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL OU PARCIAL DESTAS ENTREVISTAS sem permissão escrita e, quando permitida, desde que citada a fonte. Vedada a memorização e/ou recuperação total ou parcial, bem como a inclusão de qualquer parte da obra em qualquer sistema de processamento de dados. A violação dos Direitos Autorais é punível como crime. Lei nº 6.895 de 17.12.1980 (Cód. Penal) Art. 184 e parágrafos 185 e 186; Lei nº 5.998 de 14.12.1973


Hífen Comunicação
© 1996/2016 - Hífen Comunicação Ltda. - Todos os Direitos Reservados
A marca Sala do Empresário - Programa de Capacitação, Negócios e Estratégia Empresarial
e o direito autoral Pró-Memória Empresarial, são de titularidade de
Hífen Comunicação Editorial e Eventos Ltda.