Home











...



« Memória Empresarial • ANO XXVIII - Ed. 900 (05/07/2009)

Pequeno comércio sofisticado

A idéia de que para montar um pequeno comércio basta apenas escolher um produto ou um serviço e arrumar um espaço para iniciar as atividades sem preparo algum deve ser revista em razão das numerosas possibilidades e das exigências do mercado atual. Hoje, para investir em qualquer segmento, é preciso observar seu funcionamento e buscar a forma menos arriscada para começar, além de um diferencial capaz de demarcar a iniciativa empreendedora de forma pioneira por meio do aprendizado de formas inéditas de atuação. Por mais simples que o formato de um pequeno comércio possa parecer, sempre é possível inovar, buscando o conhecimento de práticas inéditas, inclusive no exterior. Foi o que fez Luciana Jubram, fundadora e diretora da Design em Flor e responsável pelo site Flower Gallery (www.flowergallery.com.br). Cansada da carreira de advogada, função que exerceu por mais de dez anos, ela descobriu sua vocação empresarial em um curso de arranjos florais indicado por uma amiga como forma de lazer. Ao perceber que poderia empreender como florista, traçou, em conjunto com a mãe, Suely Jubram, que se tornou sua sócia, uma forma de trazer para o País a comercialização sofisticada de flores em forma de obra de arte com assinatura própria. Em depoimento exclusivo e com muito pé no chão, ela relata sua trajetória de pioneirismo e revela como está criando um novo nicho mercadológico no ramo da floricultura.

MANUTENÇÃO
"Decidimos abrir uma empresa em 2000. Para isso, alugamos uma pequena casa no bairro do Brooklin e ali começamos fazendo manutenção semanal para as empresas que utilizam arranjos florais em seus ambientes. Foi muito bom porque o investimento é pequeno, não precisa ter estoque de flores e entra um dinheiro garantido todos os meses. Prestando atenção no mercado, essa foi a opção mais segura para o momento inicial do negócio. A parte artística fica por minha conta e, paralelamente a isso, fomos estudando cada vez mais, porque os diretores dessas empresas começaram a fazer encomendas para enviar para os clientes. Fomos buscar preparo no exterior, porque há 10 anos quase não existiam cursos de arte floral no Brasil. Foi então que trouxemos esse conhecimento para cá e passamos a dar aulas no próprio local onde fazíamos o nosso trabalho."


PIONEIRISMO
Com o tempo, vieram os eventos dessas empresas e, com todas essas atividades, o local onde estávamos começou a ficar pequeno. Encontramos uma casa de 400 metros quadrados nos Jardins, que era um pouco grande para o que precisávamos. A decisão naquele momento foi difícil, mas resolvemos arriscar e mudamos em 2004. Optamos por abrir a loja, investindo em um nicho totalmente diferente que não existia no mercado brasileiro, que é uma floricultura de design. Chegamos à conclusão de que precisávamos apresentar esse produto ao mercado para que as pessoas pudessem conhecê-lo e nos tornamos pioneiros em arte floral. No decorrer dos anos, fomos criando uma clientela cativa que sabe que vai encontrar arranjos diferentes e originais. Além de ser pós-graduada em arte floral, também fiz cursos sobre gestão empresarial no Sebrae pela Internet, porque o segmento de floricultura apresenta muitos problemas de gerenciamento."


INTERNET
"Há cerca de um ano, adquirimos o site Flower Gallery que já existia há uma década. Resolvemos inovar tudo para dar aquela visão de modernidade com a nossa cara, oferecendo opções para todos os gostos e bolsos. Hoje, estamos instalando o Flower Gallery em um nicho onde há pouca concorrência, porque existem os sites de flores tradicionais, com arranjos mais comuns, que são caríssimos. Com o site reformulado, pretendemos nos situar em um patamar intermediário. Atuamos, portanto, em dois nichos diferenciados. A Design em Flor é elitizada, com assinatura artística, não temos catálogo, não vendemos pela Internet e os arranjos da loja mudam todos os dias. As pessoas vêm aqui, gostam do que está exposto ou pedem para criarmos algo personalizado. Já nas vendas online pela Flower Gallery está tudo catalogado, com arranjos padronizados e comerciais feitos pela nossa equipe.


« Entrevista Anterior      Próxima Entrevista »
...
Realização:
IMEMO

MANTENEDORES:

Sianet

Candinho Assessoria Contabil

CNS

CRA-SP

Orcose Contabilidade e Assessoria

Hífen Comunicação


Pró-Memória Empresarial© e o Programa de Capacitação, Estratégia e Motivação Empreendedora Sala do Empresário® é uma realização do Instituto da Memória Empresarial (IMEMO) e publicado pela Hífen Comunicação em mais de 08 jornais. Conheça a história do projeto.

Diretor: Dorival Jesus Augusto

Conselho Assessor: Alberto Borges Matias (USP), Alencar Burti, Aparecida Terezinha Falcão, Carlos Sérgio Serra, Dante Matarazzo, Elvio Aliprandi, Irani Cavagnoli, Irineu Thomé, José Serafim Abrantes, Marcos Cobra, Nelson Pinheiro da Cruz, Roberto Faldini e Yvonne Capuano.

Contato: Tel. +55 11 9 9998-2155 – [email protected]

REDAÇÃO
Jornalista Responsável: Maria Alice Carnevalli - MTb. 25.085 • Repórter: Fernando Bóris;
Revisão: Angelo Sarubbi Neto • Ilustrador: Eduardo Baptistão

PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL OU PARCIAL DESTAS ENTREVISTAS sem permissão escrita e, quando permitida, desde que citada a fonte. Vedada a memorização e/ou recuperação total ou parcial, bem como a inclusão de qualquer parte da obra em qualquer sistema de processamento de dados. A violação dos Direitos Autorais é punível como crime. Lei nº 6.895 de 17.12.1980 (Cód. Penal) Art. 184 e parágrafos 185 e 186; Lei nº 5.998 de 14.12.1973


Hífen Comunicação
© 1996/2016 - Hífen Comunicação Ltda. - Todos os Direitos Reservados
A marca Sala do Empresário - Programa de Capacitação, Negócios e Estratégia Empresarial
e o direito autoral Pró-Memória Empresarial, são de titularidade de
Hífen Comunicação Editorial e Eventos Ltda.