Home











...



« Memória Empresarial • ANO XXVIII - Ed. 916 (14/03/2010)

Donos do nosso negócio

A vocação empreendedora nem sempre existe desde o tempo em que o empresário “era criancinha”. Às vezes, ela aparece num momento delicado em que um profissional se vê diante de impasse exigindo decisão corajosa e rápida. A vivência e o conhecimento profundos de seu segmento conduzem ao despertar pleno do empreendedorismo e ao abandono de uma situação cômoda, de total segurança, para enfrentar os riscos e a incerteza do negócio próprio. Foi o que aconteceu com o empresário Alcides G. Braga, fundador e diretor da Truckvan – www.truckvan.com.br – fabricante de baús de alumínio para caminhões e semi reboques. A atuação nas principais indústrias de veículos de transporte, sempre com destacado desempenho na área comercial, valeu-lhe convite para liderar ambicioso programa de expansão da filial paulista de uma fábrica de baús de alumínio do Paraná. Em pouco tempo o projeto excedeu a capacidade de produção na época, mas abriu-lhe a possibilidade de adquirir a filial e a concessão para distribuir o produto. Em entrevista exclusiva, ele revela que a experiência ensinou-lhe que vender mais do que consegue atender é tão ruim ou pior do que vender menos, porque prejudica a imagem da empresa.

NUNCA JOGAR A TOALHA
“Convidei para sócio um grande amigo, Flávio Santilli, com quem havia trabalhado na década de 80, conhecedor exímio das partes técnicas dos equipamentos, porque na empresa que iríamos tentar constituir, o enfoque seria manutenção e reparos. O propósito era seguir de maneira independente, tendo ou não o produto paranaense para distribuir, e até como oficina, uma vez que já se executava muito trabalho de consertos, reformas de carretas, manutenção e tudo o mais. Assim, em 20 de janeiro de 1992 registramos o contrato social da Truckvan, basicamente com o objetivo de executar reformas de baús de transporte e de outros tipos de serviços de assistência técnica. Hoje, entendo que tal atitude, de fato, era empreender, porém na época, na verdade, nem sabia se ia dar certo. Fomos em frente, mesmo sendo complicado porque não tínhamos crédito, nem dinheiro e nem o negócio. O que tínhamos mesmo era uma super vontade, firme intenção e muita luta. Em nenhum momento retroagimos, mesmo andando devagar e com alguma incerteza, porém seguimos sempre em frente e nunca nos passou pela cabeça ‘jogar a toalha’. O grande motivador foi o próprio empreendimento, isto é, sermos donos do nosso negócio. Essa era a intenção“.


SEGUNDO SALTO
“No decorrer de cinco anos fomos construindo imagem de credibilidade e buscando opções, já éramos mais ousados, inovadores, com soluções que não estavam prontas. Em 97 houve o segundo salto, tornando o nosso negócio independente do fornecimento por parte de outras empresas. É que nos faltava atuar só com a nossa força como fabricante, por isso tomamos a decisão de comprar as primeiras máquinas operatrizes e tudo que fosse necessário e trazer para ‘dentro de casa’ as operações executadas externamente e que dependiam de disponibilidade e vontade de terceiros. Aquilo marcou nossa adesão ao conceito de verticalização de produção e de soluções. Em 98 começamos a fabricação dos nossos próprios kits de furgão de alumínio pronto e a marca Truckvan passou a apresentar o mesmo tipo de trabalho que, até então, oferecíamos nos caminhões e veículos comerciais atendidos por produtos de terceiros”.


INOVAÇÃO TECNOLÓGICA
“Em função da ‘mania’ de sempre fazer bem feito e de tentar incorporar tecnologia ao nosso negócio, em presença de um mercado muito artesanal, com operações preponderantemente manuais, nasceu um novo projeto de parte importante da montagem dos painéis e baús, uma automação tecnológica inexistente no mundo. Trata-se de linha de montagem de painéis de alumínio, tudo praticamente automatizado com diversos efeitos de qualidade interna para o produto e com alguns efeitos oriundos do processo. Essa é a nossa grande expectativa e de novo acreditamos e estamos falando de investimento contratado de quase 3 milhões de reais. Em face da oportunidade foi concebido pré-projeto, os nossos profissionais e os da empresa que propôs a solução formaram um comitê de avaliação e a conclusão foi investir. Adiantamo-nos, contratamos o financiamento, para pagar eventualmente sem saber como será na prática. Assim, novamente estamos expondo-nos a um risco de investimento bastante pesado, que implica construir nova estrutura de fábrica. Temos certeza que o mercado irá corresponder”.


« Entrevista Anterior      Próxima Entrevista »
...
Realização:
IMEMO

MANTENEDORES:

Candinho Assessoria Contabil

CNS

CRA-SP

Orcose Contabilidade e Assessoria

Sianet

Hífen Comunicação


Pró-Memória Empresarial© e o Programa de Capacitação, Estratégia e Motivação Empreendedora Sala do Empresário® é uma realização do Instituto da Memória Empresarial (IMEMO) e publicado pela Hífen Comunicação em mais de 08 jornais. Conheça a história do projeto.

Diretor: Dorival Jesus Augusto

Conselho Assessor: Alberto Borges Matias (USP), Alencar Burti, Aparecida Terezinha Falcão, Carlos Sérgio Serra, Dante Matarazzo, Elvio Aliprandi, Irani Cavagnoli, Irineu Thomé, José Serafim Abrantes, Marcos Cobra, Nelson Pinheiro da Cruz, Roberto Faldini e Yvonne Capuano.

Contato: Tel. +55 11 9 9998-2155 – [email protected]

REDAÇÃO
Jornalista Responsável: Angelo Sarubbi Neto - MTb. 8.964 • Repórter: Fernando Bóris;
Revisão: Lírio Carlos da Silva • Ilustrador: Eduardo Baptistão

PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL OU PARCIAL DESTAS ENTREVISTAS sem permissão escrita e, quando permitida, desde que citada a fonte. Vedada a memorização e/ou recuperação total ou parcial, bem como a inclusão de qualquer parte da obra em qualquer sistema de processamento de dados. A violação dos Direitos Autorais é punível como crime. Lei nº 6.895 de 17.12.1980 (Cód. Penal) Art. 184 e parágrafos 185 e 186; Lei nº 5.998 de 14.12.1973


Hífen Comunicação
© 1996/2016 - Hífen Comunicação Ltda. - Todos os Direitos Reservados
A marca Sala do Empresário - Programa de Capacitação, Negócios e Estratégia Empresarial
e o direito autoral Pró-Memória Empresarial, são de titularidade de
Hífen Comunicação Editorial e Eventos Ltda.